Não seja refém de sua própria história

Todos nós queremos viver uma vida em que não existam sentimentos ruins. Os sentimentos bons curam, os ruins destroem…

Mas existem momentos em que é preciso sentir raiva, reagir, crescer, sair do ninho para construir novos caminhos, mudar crenças antigas e então se livrar de culpas que não são suas.

Enquanto escondemos de nós mesmos aquilo que está guardado nos cantinhos mais profundos de nossa alma só o que fazemos é nos enganar acreditando que um dia tudo irá mudar. Mas não muda. Quem muda somos nós, nossa visão de ver a vida e nossas atitudes perante as coisas. Se durante muito tempo fizemos algo e o resultado foi sempre o mesmo, então é hora de fazer diferente.

E para tudo isso, se for preciso se revoltar, sentir raiva, cair fora, então que assim seja.

Deus te deu uma vida para que você respeite. Você é obra de Deus, não se menospreze acreditando ser merecedor de sofrimentos que não são seus. Valorize cada sopro de ar que entra em seus pulmões e deixe de sentir e ser responsável pelo sofrimento alheio.

Acorde, viva, dê um basta! Não deixe que histórias do passado te engulam e te derrubem em depressão. O que passou só serve de lição para que os sofrimentos não se repitam. Nunca se permita ser refém de sua própria história.

KenyaDiehl®️

Autismo é vida – me ame como sou