Eu sou autista, mas enxergo o mundo

Olá. Eu sou autista… ou… eu tenho autismo como alguns preferem dizer….

Muitas pessoas riem de mim porque quando eu não tenho um texto pronto meu discurso pode parecer perdido e sem sentido.

Mas isso acontece porque as pessoas andam muito agitadas para prestarem atenção ao que acontece verdadeiramente no coração de seus semelhantes.

Algumas pessoas me chamam de ridícula, outros de burra, outros de anta. Algumas outras tem medo de se aproximar porque acham que represento perigo. Coitada do animal anta que não tem nada a ver com isso e porque não coitada de mim também? Pois é! Muita gente também diz que gosto de me fazer de vítima, mas é vítima o nome que se dá à pessoa que apanha ou que sofre ataques verbais e emocionais! A neurotipicidade é complicada para a minha compreensão.

Eu amo o mundo, amo as pessoas. Falei aos 9 anos. Tenho 36! Não posso dizer que me arrependo de passar a usar a linguagem verbal, eu poderia ter escolhido permanecer em meu confortável silêncio porque eu tive o poder de escolha, muito embora nem sempre isso seja uma possibilidade em todos os casos de autismo. Para mim, falar e escrever me proporcionam o que há de mais lindo nesta vida que é dividir com quem amo o que transborda em meu ser.

Poder se expressar é o que desejo para todos aqueles que assim querem mas ainda não conseguem e que todos possam, assim como eu, ter coragem de seguir em frente mesmo com muita gente ofendendo a gente.

Não se preocupem tanto com ataques. Nossa missão é amar, conscientizar, lutar… Ninguém disse que seria fácil, mas sim que nesses momentos de guerra seria sim até bem claro identificar quem está do lado do bem e quem só vê a maldade e multiplica o que há de pior.

Seja luz, seja amor, seja vida! Multiplique o que há de melhor em você!

KenyaDiehl®️

Autismo é vida – me ame como sou

AutismoMake

Faça com amor, faça como um autista!

Deixar uma resposta