Regras de ouro para visitar uma família autista

Regras para visitar uma família autista

1 – se você prometeu que vai, então vá – nos programamos muito para conseguirmos sair da rotina sem nos desorganizarmos.

2 – seja pontual! Sofremos de ansiedade e a espera excessiva pode nos deixar quietos, retraídos ou nervosos demais para interagir.

3 – cumpra o tempo estabelecido pela família sem ultrapassar esse limite. Por exemplo: nossa tolerância por aqui é de 50 minutos, mais do que isso gera desconforto! Cada família sabe seu limite e não leve a mal essa informação, nossa saúde emocional depende disso.

4 – se perceber agitação, ansiedade ou ameaça de crise seja gentil, retire-se e volte outro dia. Esses momentos são constrangedores para o autista e lhe garanto que ele não gostaria de sofrer com isso.

5 – não estranhe nossa maneira de viver, não leve a mal nossa sinceridade, somos sinceros e verdadeiros e preferimos isso a ter que seguir convenções sociais apenas por educação.

6 – evite perfumes fortes, não fale alto, seja gentil e compreensivo. Se pedirmos para você ficar mais tempo é porque você realmente pode ficar, existem situações que nos deixam tão confortáveis que sentimos vontade de permanecer nelas.

7 – nunca apareça sem avisar antes. Jamais iremos atender se não estivermos esperando por você.

8 – tenha em mente que não somos exigentes, é que buscar o equilíbrio e a alegria de viver nos custa caro e precisamos nos preservar para continuarmos calmos e centrados.

9 – se você gosta mesmo da gente então vai entender nossas limitações. Se não gosta não vai entender mesmo. Nesse caso melhor não vir.

10 – todas as regras acima valem exatamente na mesma proporção para quando formos visitar você!

Seja corajoso e divulgue suas próprias regras com a devida adaptação e seja feliz com quem realmente se importa com você!

KenyaDiehl®️

Autismo é vida – me ame como sou AutismoMake

Faça com amor, faça como um autista!

Leave a Reply