Não é questão de medo, mas sim de respeito

Esses acontecimentos absurdos e aparentemente sem explicação surgem para que possamos aprender a viver melhor. Depois que passam, tendem a nos conduzir à sabedoria e nos deixam a marca da experiência.

É importante valorizarmos tudo isso, refletirmos e nos voltarmos para dentro de nós mesmos, não de forma egoísta, mas de forma pura, com a intenção de nos conhecermos e buscarmos o verdadeiro valor que temos pela vida e pelas pessoas. Quem não conseguir enxergar esses valores nesse momento enfrentará grandes dificuldades e pagará o preço alto da consequência de sua irresponsabilidade. Aprenderá da forma mais difícil – através da dor!

Não é questão de ter medo do vírus, mas sim de ter respeito pelas pessoas e, sobretudo, ter obediência a Deus.

Cada pessoa tem o direito de escolher o seu próprio caminho, seguir com sua vida. Portanto, foque no bem, liberte-se da raiva, do medo e do desejo de ser atendido na hora em que pede.

Saiba que quando algo sai de sua vida é porque algo melhor chegará em breve. Tenha paciência e aumente sua fé. Este é o momento de exercermos a empatia, a compaixão e a solidariedade.

KenyaDiehl®️

Autismo é vida – me ame como sou AutismoMake

Faça com amor, faça como um autista!

Deixar uma resposta